Procedimentos

Baixa Complexidade

proced01

Coito Programado

O que é?

O coito programado (CP) consiste em realizar uma indução da ovulação, através da administração de medicamentos orais e/ou injetáveis, com intuito de corrigir uma disfunção ovulatória. Exames de ultrassom são realizados para se avaliar a resposta aos medicamentos, assim como para se determinar o momento ideal para a relação sexual, a qual deverá ocorrer o mais próximo possível da ovulação.

Quando está indicado?

O CP está indicado nos casos em que a mulher apresenta dificuldade para ovular. Entretanto, é importante que a mulher realize previamente exames para avaliação das tubas uterinas, além de uma avaliação hormonal completa. O homem não deve apresentar alterações seminais, as quais podem ser detectadas através da realização de um espermograma.

proced02

Inseminação Intrauterina

O que é?

A inseminação intrauterina (IIU) consiste em depositar espermatozóides capacitados dentro da cavidade uterina através de um cateter acoplado a uma seringa, após preparo do sêmen em laboratório, no momento da ovulação. Durante o processo, é realizada estimulação dos ovários através da administração de medicamentos orais e/ou injetáveis. O acompanhamento ultrassonográfico é feito para se verificar a resposta aos medicamentos e para se determinar o período exato da ovulação.

Quando está indicado?

A IIU é um procedimento indicado para casais cuja causa da infertilidade não impossibilita o encontro dos espermatozóides com o óvulo no interior da tuba uterina, ou seja, a mulher deve ter pelo menos uma tuba normal e o sêmen deve apresentar parâmetros normais ou alterações leves.

Alta Complexidade

proced03

Fertilização In Vitro / ICSI

O que é?

A fertilização in vitro (FIV) é um processo que possibilita a fertilização do óvulo pelo espermatozóide fora do organismo da mulher. Os ovários são estimulados a produzirem vários óvulos, através da administração de medicamentos injetáveis. Esses óvulos são captados através de punção orientada por ultrassom endovaginal e levados ao laboratório. Na FIV clássica, após preparo do sêmen em laboratório, alguns milhares de espermatozóides capacitados são colocados em uma placa de cultivo, juntamente com os óvulos, onde ocorrerá a fertilização. Em alguns casos, é realizada a injeção intracitoplasmática de espermatozóide (ICSI), onde um único espermatozóide é inserido dentro de cada óvulo, com auxílio de uma micropipeta e de um micromanipulador de gametas.

Quando está indicado?

A FIV está indicada principalmente em casos de alterações tubárias, endometriose, alterações seminais e infertilidade sem causa aparente, assim como nos casos em que houve insucesso com outros tratamentos. A FIV clássica é realizada apenas quando o sêmen é normal ou levemente alterado. Nos demais casos, a ICSI é utilizada, pois apresenta maior taxa de fertilização.

proced04

Assisted Hatching

O que é?

A técnica de Assisted Hatching (AH), ou eclosão assistida, consiste na abertura de um pequeno orifício na zona pelúcida (ZP), com objetivo de facilitar a implantação.

Quando está indicado?

É indicada para pacientes que possuem óvulos com ZP espessa, com idade mais avançada ou em casos de falhas repetidas de implantação.

proced_extra1

Congelamento de Embriões

O que é?

Existem normas do Conselho Federal de Medicina que limitam o número de embriões a serem transferidos, com o objetivo de se evitar gestações múltiplas. Quando o número de embriões obtidos com o tratamento é maior que o número de embriões que irão ser transferidos, a criopreservação de embriões está indicada. Esse procedimento possibilita que haja uma nova tentativa de gravidez, sem a necessidade de se estimular novamente os ovários e de realizar a coleta dos óvulos.
Na Fertibaby, os embriões são congelados através da técnica de vitrificação e armazenados em botijões de nitrogênio líquido à -196 °C. A vitrificação pode ser realizada em qualquer fase do desenvolvimento embrionário, com taxas de sucesso semelhantes às obtidas com embriões frescos.

Quando está indicado?

A vitrificação de embriões está indicada também quando os ovários respondem de forma exagerada aos medicamentos utilizados para estimular a produção de óvulos, e a mulher apresenta risco de desenvolver a Síndrome de Hiperestimulação Ovariana. Nesses casos, opta-se pela vitrificação de todos os embriões produzidos e aguarda-se a regressão dos ovários, eliminando-se o risco para a paciente e garantindo uma ótima taxa de sucesso.

proced06

Diagnóstico Genético Pré-Implantacional

Quando está indicado?

Essa técnica está indicada quando existe um histórico de doença genética, ou em casos de idade materna avançada, abortamentos de repetição, falhas sucessivas em ciclos de FIV, anomalias cromossômicas estruturais e mosaicismos, ou ainda quando há o desejo de se evitar a ocorrência de anormalidades cromossômicas no feto.

Para realização do Diagnóstico Genético Pré-Implantacional, é necessário realizar uma biópsia embrionária, geralmente no quinto dia de cultivo (estágio de blastocisto). As células biopsiadas são enviadas para análise, objetivando o diagnóstico de anormalidades cromossômicas e/ou a identificação de uma alteração genética específica. As técnicas atuais possibilitam a análise simultânea dos 24 cromossomos (22 pares de cromossomos autossômicos e dois cromossomos sexuais, X e Y) e a detecção de inúmeras doenças genéticas.

proced07

Doação de Óvulos

O que é?

A FIV com utilização de óvulos doados está indicada quando os ovários perdem a capacidade de serem estimulados através de medicamentos. Os óvulos são obtidos de doadoras jovens e saudáveis, que estão realizando um ciclo de FIV, e que produzem óvulos excedentes.

Quando está indicado?

A doação de óvulos é indicada para mulheres que perderam sua capacidade reprodutiva. No Brasil, a doação de óvulos só é permitida de forma anônima e sem fins lucrativos.

proced08

Congelamento de Sêmen

O que é?

O congelamento de sêmen é um processo realizado com técnicas bem estabelecidas e resultados confiáveis. As amostras de sêmen são congeladas em um meio crioprotetor – o qual impede a formação de cristais de gelo e reduz os danos celulares causados pelo congelamento – e mantidas em nitrogênio líquido à temperatura de -196ºC, podendo permanecer congeladas por tempo indeterminado.

Quando está indicado?

Na Fertibaby, o congelamento de sêmen é realizado para preservação da fertilidade masculina ou nos casos em que o parceiro não pode estar presente no dia do tratamento. Nos casos onde há necessidade de utilização de sêmen de doador, recorremos a um banco de sêmen terceirizado.

proced09

Congelamento de Óvulos

Quando está indicado?

A vitrificação de óvulos está indicada especialmente quando há risco de perda da capacidade de produção de óvulos, como por exemplo pacientes que irão submeter-se a tratamento quimioterápico. Também está indicada em pacientes que atingiram uma certa idade (ideal até 35 anos) e não pretendem engravidar no momento ou não têm parceiro fixo, ou então para casais que não querem congelar embriões. Os resultados obtidos com a técnica de vitrificação de óvulos em pacientes com menos de 35 anos estão próximos aos obtidos com óvulos a fresco.

Contato

Envie sua mensagem e responderemos seu contato o mais breve o possível.